Foto: Rodrigo Lima (Repórter Diário)

 

                                                           Em Santo André, na Rua Cuiabá nº153, onde mora a                                                               artista plástica Sueli de Moraes, acontece a cada                                                                     dois anos o Cuiabá 153. Durante o evento, vários                                                                   artistas locais mostram sua arte pela casa, que fica                                                               aberta à visitação pública durante um dia.

 

                                                             Na França, há 13 anos, acontece um evento de arte qu                                                               que ocupa as janelas das casas da cidade de Lillie.                                                                     Diversos artistas se reúnem e promovem a arte                                                                           contemporânea fazendo-a tomar parte da vida de seus                                                                 moradores durante um mês de exposições de Janelas                                                                 que Falam (Le Fenêtres qui Parlent )

 

O Cuiabá 153 está ampliando seus horizontes e agora, a cada dois anos, ocupa toda a rua Cuiabá, na versão tupiniquim do "Janelas que Falam": o “Portões que Falam”. A próxima edição se realizará em abril de 2016.

 

Os artistas da região são convidados a fazer sua arte usando como suporte os portões das casas desta rua, além da já tradicional ocupação na casa de número 153, promovendo a arte na comunidade.

 

 É um grande evento, em um dia em que os portões da Rua Cuiabá se tornam suporte para as mais variadas linguagens da arte.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now